terça-feira, 12 de fevereiro de 2008

Um pouquinho mais de São Luis



As cidades, felizmente, não são apenas marcadas pela arquitetura e pelo traçado das ruas. As pessoas do lugar é que proporcionam um "colorido" especial. Como gosto muito do Nordeste, não chego a ficar surpreso com a hospitalidade e a gentileza daquele povo. Em qualquer lugar é possível parar e conversar. Creio que o segredo para compreender alguma coisa desses lugares é não agir como consumidor. Isto é, deixar-se emergir, com tempo, nas ruas, sem procurar "atrações" que enfastiam ou que estão presentes nos cartões postais. São Luis, por exemplo, merece ser apreendida em todas as dimensões.

Um comentário:

Charle Stone disse...

Como ludovicense que sou, não posso deixar de comentar sobre a cidade que adoro e onde nasci. AIlha dos Amores, terra da minha infância ligada ao mar e por onde flui o aroma caboclo do litoral.Há poucos lugares no mundo como lá.Parabéns por ter esado lá e por gostar do lugar. Valeu!!!