sábado, 17 de janeiro de 2009

Tardes de verão



Formações curiosas nesses dias de calor. Aproveito os finais de tarde para sentar na sacada e ler um pouco ou, simplesmente, "ver o tempo passar". Não desgrudo de uma câmera (Nikon P80), pela facilidade de manuseio e volume. O arsenal pesado fica em segundo plano nessas ocasiões.

Aproveitando que o meu cantinho é privilegiado em termos de visual e sossego, posso "viajar" um pouquinho nessas tardes e me refrescar com as brisas - especialmente quando possuem origem do lado sul. De forma seguida sou surpreendido com as formações de nuvens e as mudanças constantes. Fenômenos típicos do verão. As entradas das frentes frias e o calor proporcionam espetáculos com frequência. Nem sempre é possível usufruir dessas transformações: procurar um abrigo é mais que recomendável.

Acredito que muitos já passaram pela experiência de observar as nuvens com propósitos diferentes de pescadores, pilotos de aeronaves ou meteorologistas. Apenas para se divertir com as formas e imaginar os sucessivos desenhos. Ainda na adquiri um livro que me deixou fascinado: Guia do Observador de Nuvens, de Gavin Pretor-Pinney. Existe até um sítio, administrado pelo autor, com fotografias curiosas enviadas pelos "sócios" da confraria. Talvez eu passe pela livraria hoje mesmo... Como existe previsão de chuva para o final de semana, sobrará tempo para leituras mais amenas.